terça-feira, 24 de março de 2009

Das Vontades...

Tínhamos um caso, e certa vez ela comentou que achava um grande tesão quando via minha arma (de verdade...Hehehe), uma pistola calibre 380 e pensara algumas vezes em ser violentada por aquele objeto de poder. Conversamos sobre isso, rimos um pouco, mas não dei bola e continuamos nossos encontros, quase sempre em seu apartamento, não tinha esquecido do seu desejo, mas sempre tive na cabeça que tudo tem seu momento, a oportunidade perfeita!!! Um dia brigamos pelo telefone, ciúmes dela com minha namorada, ela também tinha namorado, essa era nossa condição, amantes, mas ela teve uma crise de ciúmes porque na noite anterior ambos os casais se encontraram em uma boate, lógico que nem eu conhecia o namorado dela e ela não conhecia minha namorada. Nem imaginava o quanto minha namorada era safadinha, a ponto de me chupar em um canto da boate, mas a vista de várias pessoas, inclusive dela, o que a deixou irritadíssima, a ponto de ir embora. No dia seguinte me ligou i, querendo terminar, disse que tudo bem, mas queria ter um ultima trepada com ela, afinal fode muito e chupa divinamente, menos com pláteia...Hahahahaha. Ficou puta com isso e me mandou se fuder!!! Eu disse que estaria indo para seu apartamento, ela retrucou que nem me deixaria subir, não precisava já era conhecido no prédio. Bati na porta, ela no olho mágico, disse que não abriria, pedi apenas para que abrisse uma brecha que lhe entregaria algo e iria embora, abriu com a correte de segurança, arrombei a porta com um murro, entrei e a peguei pelos braços, com força, fechei a porta, disse iria comê-la e iria embora, ela disse que isso não iria acontecer de forma alguma, prendi seus braços com uma das minhas mãos, a empurrei para o quarto, ela começou a gritar, mandei que calasse a boca, ela estava apenas de camisola, rasguei e a joguei na cama, seus pulsos estavam marcados pelo aperto de minha mão. Ela estava furiosa, me deu um chute, puxei minha arma, coloquei na sua buceta, dei uma tapa em sua coxa, mandei que abrisse as pernas. Esta era a oportunidade que eu estava esperando!!! Sem tirar o pente de munição e com um na agulha penetrei com calma, para não machucar muito, batia nela e a chamava de puta e dizia que toda vez que eu a quisesse comer teria de me dar sem reclamar, pois era minha puta e ninguém a fazia gozar como eu. Não foram mais que dois minutos, ela gozou como nunca, tirei a arma, mostrei que estava com munição e dei mais algumas tapas com força em sua bunda, tirei minha roupa, me masturbei e gozei em sua cara, a beijei e fui embora. Nem preciso dizer que ganhei de presente naquele dia um lindo jantar de velas em seu apartamento, um perfume fantástico, e apesar de estar dolorida transamos a noite inteira.

16 comentários:

Única e Exclusiva disse...

Que pegada, hein?! Tomara que eu encontre um homem desses, rs.

Bjos ú&e
PS.: Daqui a pouco eu termino meu post.

Tempestade disse...

Nossa!
Que fôlego!
Beijos Tempestuosos!

Deliciosamente Atrevida disse...

Uau... mas que história...

Irresistível... como sempre né...


Bjo grande!

Fofa disse...

Ai fofo...

Sem coragem no momento!
rs

Beijocas

Anônimo disse...

Meus Momentos...
SAudades de tu,beijos em ti.
Adorei o visual novo,com fotinhos e tudo hein???
Saudades....
SUA Insana

Madame Poison disse...

Algumas, mulheres têm um lado muito sem-vergonha. Dizer não é dizer sim...

E...és policial por algum acaso???

Momentos...volupté! disse...

Que bom Minha Insana que gostou do novo visual do blog.
Saudades mil...fica boa logo dessa mãozinha!

Momentos...volupté! disse...

Espero que todos tenham gostado do novo visual!!!

Madame Poison disse...

Ahhhhhhhhhhhhhhhh...
Entendi. Desculpe a pergunta, afinal não é da minha conta. Mas é que meu namorado é policial e no inicio, quando soube, achei muito estranho ele portar uma arma, afinal, nunca tinha conhecido alguém que posuisse. Ai ele me explicou o pq de ter e poder possuir uma arma.

Coisa boba...hehe

Cantinho da Lane disse...

uau! amei! transa bem diferente...
tenha um ótimo fim de semana e adorei o blog!

Branca disse...

Belo texto...de tirar o fôlego mesmo!


Bom fim de semana pra vc!

{Amar Yasmine}_DEXPEX disse...

*sorrindo.. sorrindo.. e sorrindo*

De Rainha a escrava, de Deusa a uma pobre mortal, qualquer mulher deseja isso: o HOMEM que a vergue, domine, comande.

Aquela que "sonha" com a menor possibilidade ser feliz de outra forma ainda não sabe qual é o seu papel e qual é a verdadeira felicidade.

Isto não quer dizer, no entanto, que seja menos que o homem. Uma mulher deve crescer em todos os sentidos. Esmerar no conhecimento, ter sucesso social e profissional, porém sem jamais deixar de ser fêmea, doce, delicada, devassa, e assim ocupar o lugar que lhe foi destinado: sob os pés do seu MACHO, para o prazer DELE e, consequentemente, o de si mesma.

*sorrindo mais*

Doces besos!!!

*;-)

DESIRE disse...

Uiiiiiiiiiiiii até fiquei arrepiada! Hot!
Estás nos dez primeiros lugares do meu Top de Comentadores, como tal podes ir buscar o selinho, que fiz para agradecer tanto carinho sob a forma de comentários!

Beijos prometidos

flor disse...

Uma pegada e tanto,uma situação assim eleva o desejo,

bjs.

Fofa disse...

Cuido sim, Fofo!

Espero que vc tbm!

Beijocas

Loira e Morena disse...

HUmmm, gostei disso!
As vezes é legal ser surpriendida com momentos q nunca imaginamos passar!

Beijaooo da Morena!