quarta-feira, 1 de abril de 2009

Desejos...

Ruivinhava, falsa magra, cerca de 1,60m, voz de menina, jeito de criança mimada. Certa vez estávamos na casa dos meus pais, naquele churrasco, muita cerveja e a farra correndo solta, em certo momento estava na piscina com minha namorada, ela entrou, chegou junto e pediu para que a levasse nos braços até a parte funda, minha namorada não fez questão, pois para mim aquela menina, dois anos mais nova era como uma grande amiga e a coloquei nos braços. No caminho, ela já meio bêbada, me olhou e disse que queria um beijo na boca, sorri e disse que ela estava exaltada, mas reintegrou seu pedido, me neguei. Voltei para a parte rasa e procurei evitá-la o resto do dia e ficando o máximo de tempo junto com minha namorada. Certo momento, fui com minha namorada para meu quarto, ela nos seguiu, deixei a porta aberta propositalmente, quem sabe ela se tocasse e me deixasse em paz. Estava com tesão de sexo, joguei minha namorada na cama e levantei seu vestido, abaixei minha bermuda e meti em sua buceta suculenta, porta entre aberta. Percebi que ela estava na porta nos olhando enquanto eu metia com força em minha namorada, ainda mais com tesão por estar sendo observado, embora não quisesse nada com ela. Virei minha namorada de quatro e comecei a comer seu rabo, ela lá, olhando pela brecha, minha namorada gemendo, comecei a masturbá-la enquanto a enrabava, ela gozou bem forte, puxei-a pelos cabelos e gozei em seu rosto, bem na frente da nossa espectadora. Saímos do quarto e voltamos pro churrasco, pouco tempo depois eu estava na piscina com os amigos, ela entrou e me chamou no canto, já estava escurecendo, me disse que queria muito que gozasse em sua cara como fiz com minha namorada, me fiz de desentendido e sai da piscina. Três semanas depois estava no shopping, indo pro cinema, gosto de ver filmes sozinho, e de repente encontrei a minha amiga ruivinha, conversamos, fingimos que nada tinha acontecido e ela me perguntou onde estava indo e disse que iria assistir a um filme, disse que iria também e fomos juntos. Sempre sento no final, ela junto, o cinema não estava cheio, pré-estréia só se for Star Wars!!! Em nossa fileira somente duas garotas. O filme começou e ela pegou em minhas mãos, disse que estava com frio, pouco depois se encostou a mim, mesmo motivo, deixei, mas juro sem segundas intenções. Começou a apertar minha coxa direita, comecei a lembrar do dia na piscina, meu pau ficou duro, ela percebeu, eu estava de bermuda, pegou, não tive duvidas, abaixei minha bermuda, ela começo a me masturbar, peguei-a pelos cabelos e a coloquei a me chupar, as duas garotas olhavam de lado e fingiam que nada acontecia, ela me chupava com força, gozei!!! Coloquei-a em meu colo, beijava-a com frenesi e fui até sua buceta com minha mão, ela pegou na minha mão e me disse pra tomar cuidado, era virgem!!! Senti um frio na espinha na mesma hora, coloquei-a na cadeira ao lado. Abriu suas pernas. Estava de vestido, puxei sua calcinha, me ajoelhei e chupei sua buceta, suguei com força, não levou muito tempo para que ela gozasse, quase arranca meus cabelos. Olhei pro lado e as duas garotas estavam olhando descaradamente, nem parecia mais que existia filme algum. Levantei-me e fui embora, ela me seguiu até o estacionamento, me pediu para que a levasse a um motel, queria ser minha, perder a sua virgindade comigo. Entrei em meu carro e fui embora. Está casada, mas não consigo ficar a sós com ela em lugar algum, ela me come com os olhos, como se faltasse algo!

24 comentários:

Fofa disse...

Ai...

Me falta ar...rs

Beijocas

{Amar Yasmine}_DEXPEX disse...

Aff... se eu conhecesse esta ruivinha diria a ela que duvido que te manterias firme se ela suplicasse de joelhos ou rastejasse... rssssss...

Besos

*;)

Cansada de ser boazinha disse...

Vc sempre tem alguma história com baixinhas (como eu)!! rsrsrs
Gostei do visual do blog tb!!
Bjos

Tempestade disse...

Rá rá...
Baixinhas são as melhores!
Beijos Tempestuosos!

Momentos...volupté! disse...

Toda baixinha tem um charme especial!!! Bem especial!!!

Deliciosamente Atrevida disse...

AHAHA e É por isso que adoro ser baixinha...

Tem lá suas vantagens...

E que história hein...

Tem que dar um jeito nisso...

Bjo grande!

Madame Poison disse...

Desejos são geralmente incontroláveis. Recalcados então, nem se fale!!!

Madame Poison disse...

Opa! To até gostando da ideia de ser baixinha...rsrs

EU SOU NEGUINHA disse...

Hum...baixinha,180..hahahhaa

GueGue disse...

Hmm, li tudinho! nossa, sinto meu corpo latejando!! incrívell.. Sou ruivinha e tenho 1,6... Será que era eu la´?? hha
Amei!
Beijoss

Momentos...volupté! disse...

Essas baixinhas!!!

Hahahaha...

Minha Neguinha??? Ficou pensativa foi???

GueGue, não era não...Hahahaha

Madame Poison disse...

Este é consolo, contar com que nos amam!
Obrigada pela mensagem, viu?

Beijos!!!

Larissa. disse...

Nossa! Arrepia mesmo... e quando deixamos a imaginação fluir, arrepia mais ainda!

;**

Larissa. disse...

Vi aqui seu comentário no Sophie... pô, sou louca pra ir a um show da Marisa Monte.
É uma mais linda. E que letras!
Adoro o CD Infinito Particular e sempre gostei das músicas Bem que se quis e Gentileza.

Vc tem um gosto musical incrível!

;**

Loira e Morena disse...

Nossa, q loucuraaaa!!
Ui, deu até um calorzimm!..rs

Beijaooo da Morena!

Felina disse...

Não sei porque razão mas sempre que entro aqui fico sempre com calor

Madame Poison disse...

Me orgulho de ser uma atêntica geminiana. Geminianas são o maior barato! hehe

flor disse...

As baixinhas costumam ser muito sensuais,

bjs.

Larissa. disse...

Sobre o texto se eu concordo... bom, escolhi essa passagem do texto por já ter vivido essa angústia descrita, e por estar sujeita a viver novamente. No livro o personagem sofre do início ao fim, sendo que quase todos os conflitos foram causados por ele mesmo. Na passagem, seus problemzs se resolveram... e a angústia apareceu. E eu já senti isso... momentos de calma total, em um longo período, já me deixaram depressiva.
É um dos meus muitos conflitos... e isso é estranho, mas o ser humano é assim, não? Nunca satisfeitos.

E não acho que a vida seja tudo tão previsível como o que foi narrado.

Bjos =*

DESIRE disse...

Uiiiiiiiii que post deliciosamente arrebatador!
De tirar o fôlego!
Bom domingo!
Beijos prometidos

o casalqseama* disse...

toda baixinha é decidida!!!

\o/ \o/\ \o/ \o/ \o/ \o/



és a perturbação dela... coitado do marido! rsrs

bjão da fê =D

Momentos...volupté! disse...

fê...

o marido não precisa se preocupar, pelo menos comigo não...se no passado não rolou...agora é não mesmo!

Branca disse...

Delícia de conto...de tirar o fôlego mesmo rss...mas fiquei com pena da baixinha, é tão ruim qdo não acontece como queremos, essa sensação que falta algo não desaparece até que a satisfação venha completa.

bjo!

Otário disse...

imagem poderosa!