domingo, 18 de janeiro de 2009

Das ligações erradas...

Sempre disseram que tenho uma voz bonita, forte e que transmite um ar de safado ao telefone. Estou comentando isso porque estava lendo uns dos blogs que acompanho e lembrei de uma história bem interessante sobre telefonemas, primeiramente quero dizer que não gosto de ficar horas ao telefone, prefiro um bom e.mail, mas existem momentos em que precisamos falar e esse foi um desses. Tinha um celular de trabalho e certa vez me liga uma garota, ligação errada na verdade, mas logo depois liga novamente, disse que gostado de minha voz e perguntou se poderíamos conversar um pouco, na hora não estava ocupado e disse que sim e começamos a conversar. Na época tínhamos a mesma idade, vinte e poucos anos, e fomos conversando sobre trabalho, nossas vidas, falamos de nossos namorados, ambos estávamos comprometidos, aliás, coisa que sempre estive depois dos dezenove anos, quando vi que estava na hora de namorar uma garota da minha idade e ter uma vida social com minha família e amigos, já que desde 15 anos só namorava mulheres acima dos 30 e normalmente casadas. À noite a garota me ligou novamente, esta hora já estávamos em casa, começamos a falar sobre músicas, descobrimos alguns cantores em comum, coloquei uma música no som e continuamos por um longo tempo, em determinado momento perguntei o porquê ela tinha gostado de minha voz, me respondeu que era gostoso me escutar falar que o meu jeito de conversar a fazia imaginar coisas, neste momento perguntei se ela tinha curiosidade de me conhecer, disse que namorava há alguns anos e que não achava certo, mas não estava conseguindo tirar minha voz de sua cabeça. A sua voz também é linda, ela me deixa excitado, comentei...ela parou por alguns segundos de respirar e suspirou, perguntei o que acontecera e ela disse que tinha certeza que eu não chegava a metade da excitação que sentia ao falar comigo. Dei uma risadinha, ela perguntou o que foi, estou com meu pau duro em minha mão direita, ela me disse que já estava com dois dedos dentro de sua bucetinha...dai em diante só escutávamos suspiros de ambos, palavras safadas e sons de sexo!!! Gozei primeiro, ela perguntou se tinha sido muito, disse que o suficiente para banhar seu corpo, ela me disse que estava quase gozando, e que estava com três dedinhos em sua bucetinha ensopada... Gozou!!! Mandou-me um beijo gostoso, me disse que sonhasse com ela e desligou. No meu celular estava registrado um numero residencial, liguei para um amigo, na mesma noite, trabalhava na companhia de telefonia e pedi o endereço, disse-me que no outro dia providenciava. Dia seguinte, hora do almoço, estava me dirigindo pro centro da cidade, dia chuvoso, meu celular toca, aquela voz, agora já falando gemendo, me disse que estava no trabalho, não saiu pra almoçar, estava só e pensando em minha voz e de como gozou na noite anterior, perguntou onde eu estava, disse que dirigindo, me falou que estava de sai curta e sem calcinha, sua buceta estava pedindo seu dedinhos...parei o carro na avenida, local pra estacionar, chovia lá fora, abri o zíper, peguei meu pênis, já estava molhado!!! Disse a ela que iria me masturbar ali no carro e queria que ela fizesse o mesmo em seu trabalho, começamos a brincar...estava completamente excitado, duro, ela me disse que tinha uma peça de bronze em sua mesa que lembrava uma rola, me disse que iria colocar em sua bucetinha, disse-me que enfiara de uma só vez e que tremeu de tesão, pedi para que colocasse em seu rabo, ela disse que não, mas que colocaria um dedinho, o objeto era muito grosso e seu rabinho nunca foi explorado antes a não ser pelo seu dedinho. Gozei!!! Simplesmente melei o painel e o pára-brisa do carro, contei pra ela, foi quando escutei um barulho forte, alguns segundos de silencio e então me disse que havia caído de sua cadeira, rimos... ela teve de desligar, os colegas de trabalho estavam voltando. A noite meu amigo me liga, me entrega o endereço...nós havíamos combinados de somente ela me ligar, não ligou aquela noite, era sexta-feira, sai de casa e deixei o celular, iria sair com minha namorada. No sábado me liga às 9:00hs, minha namorada dormindo na minha cama, atendo no banheiro, ela disse que queria gozar, pedi 1 hora pra ela, me disse que sim e me ligaria em 1 hora...deixei um recado com meus pais para minha namorada, ainda morava na casa deles, disse que precisava resolver um problema de trabalho e com o endereço na mão fui direto para a casa dela, me ligou, estava dentro do carro estacionado em frente a sua casa...perguntou se podíamos falara agora, disse que poderíamos fazer melhor, que estava em frente a sua casa e que gostaria de ser o primeiro a explorar seu rabinho com uma rola...ela ficou paralisada por alguns instantes e me perguntou se era verdade...disse para sair, ela sem graça foi ao portão, abriu, estava de camiseta branca com um desenho do Pateta, sem calcinha, deu pra perceber quando analisei seu corpo com um olhar rápido, vi também que tinha uma aliança de noivado em seu dedo...me olhou também, pegou em minha mão e disse que entrasse rápido pois seus pais foram ao mercado e seu namorado iria almoçar em sua casa, eram 10:00hs da manhã...no caminho entre portão e a porta da casa peguei-a pelos braços, joguei em cima de meu ombros, entrei em uma casa que não conhecia e fui para o primeiro quarto que vira, ela disse que não, era o quarto de seus pais, a joguei na cama assim mesmo, a virei de costas, tirei minha bermuda, coloquei meu pau duro no meio de suas pernas, subi, encontrei uma buceta molhada, ensopada, encharcada!!! Juro, quase gozo!!! Falei em seu ouvido, a chamei de puta, ela gemeu, desci e dei uma tapa forte em seu traseiro, estava completamente travado, ela relaxou, abri sua bundinha penetrei seu rabo com minha língua, lambia de sua buceta pro seu rabo, levando aquele caldo, deixando-o bem lubrificado...coloquei um dedo, mexi pros lados, chupei seu ânus novamente, estava se abrindo aos meu beijos e chupadas, ela gemia, rasgava os lençóis com suas unhas, se contorcia, segurei meu pau com minha mão direita, mirei em seu cuzinho, fui aos poucos, ela travou com cabeça, beijei seu cangote, mordi sua orelha, ela relaxou, continuei a penetrar, bem lentamente, retirava um pouco e depois voltava, eu estava quase gozando!!! Ela foi relaxando, então comecei a penetrar aquele cuzinho apertado, ela tinha uma bundinha bem magrinha, por isso estava recebendo uma rola dura e em toda sua extensão dentro do seu rabinho...penetrei com movimentos contínuos e leves, depois mais fortes, ela já estava curtindo, comecei a estoca-la com mais força e velocidade foi ai que gozei, gozei muito!!! Ela ficou uma agonia, queria ir ao banheiro, estava sentindo vontade de colocar aquilo tudo pra fora, segurei na cama, fechei seu rabo, beijei suas costas e a acalmei. Quando ficou mais calma abri seu rabinho, ele latejava, coloquei um dedo, estava pegando fogo, quente, muito quente...peguei sua buceta e comecei a chupar, ela estava em transe, acho que sentia dor e prazer ao mesmo tempo, me olhava com uma carinha de menina querendo carinho, chupei sua bucetinha, bem raspadinha e encharcada...ela começou a pressionar minha cabeça, puxou meus cabelos com força, eu a chupava, ela gozou, tremeu, parecia que estava tendo uma ataque epilético, quanto tesão!!! Olhou pra mim e me pediu para levá-la ao banheiro nos braços, pois suas pernas estavam tremendo, coloquei-a no vaso, começou a botar toda a minha porra pra fora...confesso que fiquei excitado com a cena, mas ela não agüentava mais nada!!! Beijei sua boca, deixei-a ali mesmo, sentada no vaso, peguei minha roupa, vi no caminho pra porta que em um outro ambiente havia peças de enxoval de casamento, abri o portão e fui embora...nunca mais me ligou!!!

15 comentários:

EU SOU NEGUINHA disse...

Menino Volúpia
Uauuuuu...relato deliciosamente escrito...
Adorei...me eu idéias aqui...hehehe
Beijos Insanos

EU SOU NEGUINHA disse...

Quer dizer que dia 21 temos bolo???
Vou postar algo de aniversario pra ti...hehehe
Quero bolo hein? e dia 22 te mando um pedacinho do meu..risos
Beijao

Momentos...volupté! disse...

Que idéias??? Hahahaha...
Pois é dia 21 e 22, vamos trocar os bolos!!!

Beijos pra tu...

EU SOU NEGUINHA disse...

Idéias insanas,hahahahaha
Muito perigosas..
Beijos insanos em ti

EU SOU NEGUINHA disse...

Oi Momentos....
Tem presentinho pra ti no meu blog.
Como sou uma bloqueira fresquinha,ainda me perco em meio a tantas novidades,escolhi vc e mais 4 blogs,que eu mais leio pro carinho.
Beijos insanos

Madame Poison disse...

Um efêmero momento de êxtase...

GueGue disse...

meu Deus.. Nossa! é cada uma que..
prefiro não comenatr!! hehehe
Olha, meus olhos quase começaram a lacrimejar, não me pergunte pq!
Ficaram quentes!!! Isso pq estou lendo...

hihihi (vou ficar quieta)

bj guri

DESIRE disse...

Hummmmmmmm que delícia!
Tens um selinho lá no meu blog! Já o levantaste?
Beijos prometidos

Cris Rubi disse...

Em resposta ao seu comentario:é como eu me sinto,quente, calorentas e molhada...rsrs
bjinhus carinhosos

Momentos...volupté! disse...

Tô vendo que esta história mexeu muito com vocês!!! Que bom!!!

EU SOU NEGUINHA disse...

Vamos lá,anjo....já provocando..rsssss
Copie o que te mandei e coloque como se fosse um post...responda as perguntas...tire as minhas...hehehehe...e escolha os blogs que quer ...e posta...kkkkkkk..deu pra entender?
Beijinhos insanos...insanos

EU SOU NEGUINHA disse...

Se nao entendeu...coloco de novo..rsssssss
quero mais posts...rssss,adoro suas descrições..rsssss
beijoquinhas insanas

GueGue disse...

Cade meu meme?? hein tratante!! saushauhsua Beijos

suavesencantos disse...

Delicioso demais,adorei,totalmente excitante,uma voz gostosa tem poder de despertar,muitos desejos,

bjos.

Cansada de ser boazinha disse...

Fiquei um tempo sem vir aqui, mas vejo que a sensualidade continua a mesma... que história maravilhosa!!
Bjos!!
Vou te acompanhar!!