sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

Como eram safadas aquelas duas...

Tínhamos nos tornado amantes, sexo muito bom, sem compromisso, a relação estava bem quente, muito sexo, muita safadeza, adorávamos transar um com o outro, ela adorava sentir meu pênis latejar em seu rabo, encher sua bundinha!!! Uma mulher completa na cama e apaixonada por ser penetrada por trás!!! Certo dia, fomos a um bar, somente conversa, sem intimidades, até porque não podíamos ambos comprometidos, e na mesa ao lado duas belas mulheres conversando, só que uma delas não tirava os olhos da minha “amiga”, paquerando mesmo e em determinado momento ambas foram ao banheiro, poucos minutos depois voltam juntas e conversando, ambas sentam em nossa mesa, convidam a outra, esta também se junta e conversamos. Após algum tempo a segunda mulher que sentara a mesa se despediu a ficamos nos três, claro que já existia um clima entre as duas e poucos minutos depois estávamos indo para um motel próximo. Sentei-me na poltrona, preparei uma dose de uísque, liguei o som ambiente e coloquei um CD com a música The Mist of Avalon (Loreena McKennitt), fiquei observando as duas belas mulheres se acariciando, começaram dançando e no ritmo da musica foram se ousando cada vez mais, meia luz, aquela música envolvente, outra dose, já estavam nuas, dançando, dois belos corpos, um branco como leite, cabelos loiros e encaracolados e com seus 1,60 e seios rosa, outra morena, cabelos pretos curto, corpo sarado, seios empinados, bundinha pêra, 1,70 e dominava minha branquinha. Dançavam, a morena beijava forte, com as mãos abria a bundinha da minha branquinha, ficava só observando seus dedos entrando em seu rabinho, ela gemeu, foi jogada na cama, a música terminara, o quarto tinha um aroma de safadeza, sentia minha calça completamente molhada, outra dose!!! Minha branquinha gemia, estava sendo chupada pela morena, que ao mesmo tempo a penetrava no rabo com dois dedinhos e remexia suas ancas pro meu lado, vi um grelo enorme, o maior que vira até hoje, sua buceta era enorme e no meio aquele grelo...estava me preparando para acariciar aquela buceta com meus dedos, foi quando minha branquinha a virou e começou a chupar seu grelo, empinando seu rabindo, se virou e me pediu para enfiar em seu rabo, pois queria uma rola grossa lhe enrabando enquanto chupava aquela morena, tirei minha roupa, estava completamente gozado, meu pau entrou rápido e com facilidade, bem lubrificado e seu rabinho já tinha sido preparado pelos dedos daquela morena. Ela não sabia se chupava a morena ou se gemia, a morena apertava seus próprios bicos, seios bem empinados, a visão era maravilhosa, estava com tanto tesão que gozei, dei uma gemida grave, apertei a bundinha de minha branquinha, gozei forte e a morena quando viu se levantou e ficou esperando que tirasse o pau de dentro, disse que queria que ela colocasse pra fora toda aquela porra. Colocou minha porra em sua mão, e assim besuntou seus seios e buceta e ordenou que minha branquinha lambesse. Sentei-me novamente, peguei outra dose, fiquei observando àquelas duas devassas se consumindo em prazer, a morena disse que iria fazê-la gozar com seu grelo roçando e passou uma de suas pernas por cima do ombro e deixou o grelo bem no pinguelinho de minha branquinha, foram uns 30 minutos de movimentos, minha branquinha gozou, tremeu e me pediu um beijo forte, beijamos os três. Olhei para o grelo da morena e passei a mão, estava quente, ensopado, coloquei dois dedos em sua vagina, bem apertada, apesar de ter uma buceta tão volumosa, me pus a chupá-la, ela friccionava minha cabeça em sua buceta, mordiquei seu grelo, ela tremeu, comecei a penetrar seu rabinho de pêra com minha língua, ela começou a se masturbar, minha branquinha ficava dando beijinhos em seus seios empinados e ela mordia os dedos da minha branquinha que estavam em sua boca. Voltei a chupá-la, agora passava minha língua de seu rabinho a sua buceta, com rapidez e força, ela começou e tremer, empurrou minha cabeça contra sua buceta com tanta força que senti os ossos de seu corpo no meu rosto, prendi seu grelo entre meus dentes e continuei passando a língua, de repente comecei a sentir um gozo, começou a escorrer, ela tremia e me apertava mais e mais e de repente gritou!!!...Aquela morena acabara de dar uma gozada, segundo ela à primeira gozada com um homem chupando sua buceta. Beijou-me, fomos os três tomar um banho, afinal eu e minha branquinha éramos comprometidos. Encontramos-nos outras vezes, algumas vezes elas se encontravam sozinhas, eu estava viajando ou não podia ir por algum motivo, mas tiravam fotos e mostravam o que eu tinha perdido. Como eram safadas aquelas duas.





15 comentários:

Patsy Zombilly disse...

Menino, que história incrível :)
Mesmo. São verídicas? Se forem, você deve ser uma pessoa muito feliz hehe Mas se são fruto de sua imaginação...bem... abençoada imaginação hahaha!

E quanto ao relato do meu blog... acabou não sendo um relato, né? Sempre acontece, perco a linha de raciocínio :)
Mas a verdade é um misto dos dois... eu realmente contei uma mentirinha de leve pra conseguir o emprego =X

Beijos babe!

Momentos...volupté! disse...

Deixe sua imaginação livre!!!

Hahahahaha...

É verdade, quem não dá uma exagerada para alcançar um objetivo???

DESIRE disse...

uiiiiiiiiiiiiiiii que delícia escaldante!
Beijos prometidos

Loira e Morena disse...

Uaaallll q historia en!!
Obrigada pela visita ao nosso blog, seja sempre bem vindo!

Beijaooo da Morena!

Cansada de ser boazinha disse...

Obrigada pela visita. Volte sempre. Nossa, que histórias!! Li todas... muito boas! Vou voltar aqui!
Bjos

DESIRE disse...

Bom fim-de-semana!
Beijos prometidos

S... disse...

Nossaaaaaa!
que vida ein!
Obrigada pela visita. se gosta de arte apareça sempre!
vou acompanhar isso aqui!
:D

{íSiS} de Sir Stephen disse...

Woooooooooooo!
arrepiante!
agradecida pela sua visita, parabéns pelo seu canto delícioso!
beijos doces
{íSiS}

D.Antónia Ferreirinha disse...

como tenho coragem escrevo.
Não me vou alongar até porque não li o texto todo. Uma questão de juizo da minha parte, por achar que neste momento me devo manter fiel às temperaturas frias que por aqui se fazem sentir.
De qualquer forma, voltarei para ler melhor.
Obrigada pela vista ao meu blogue.
Beijinhos transmontanos.

Loira e Morena disse...

Meu good..arrasou com essa historia!!
Confesso que fiquei excitadinha!haha
Ptimeira vez que venho aqui, mas ja gostei!!
Voltarei mais evzes para conferir suas historias very hot..heheh

Beijocas da Loira

Cadinho RoCo disse...

Pelos labirintos do amor acontece de tudo.
Cadinho RoCo

Momentos...volupté! disse...

Pessoas, que bom que estão gostando das minhas hitórias, isso me deixa mais a vontade para escrever mais!!!

Momentos...volupté!

GueGue disse...

Pode escrever que com certeza todos gostam!! Abração e brigadu pelo conselho heheh
Só que aqui, infelizmente é impossível, tipo, ela me perguntou assim: glenda, pq tu não gosta de velhos? ai eu disse: teria vários motivos pra te dar.. hehehe Ninguém merece.

Valeuuuu

EU SOU NEGUINHA disse...

Conte mais...curiosaaaaaaaa..risos
beijos insanos

Anônimo disse...

nossa que tesão!alguém vem me chupar e lamber esse gozo?nossa vontade de chupar um pau bem delicioso agora..alguém quer me ver nuazinha,com a minha bucetinha molhadinha??posso me masturbar na web cam agr mesmo..vou deixar meu e-mail pra um putinho de pau grosso me add. Pati_weber_@hotmail.com